O que é a RELEP?

Texto escrito por Kenner Terra


O que é a Rede Latino-americana de Estudos Pentecostais (RELEP)?

A RELEP é um grupo de estudos formado por pesquisadores e pesquisadoras da América Latina. Não há filiação ou membresia. Não tem orientação político-partidária. Nos encontros é possível encontrar pessoas com diferentes vertentes ideológicas. Contudo, não há discussão sobre isso no grupo. Como disse, esse ponto não tem qualquer importância. A RELEP surgiu após pesquisadores em programas de mestrado e doutorado perceberem que as publicações e trabalhos acadêmicos sobre o pentecostalismo eram realizados por não pentecostais e, por vezes, com perspectivas injustas. O princípio seria “pentecostais estudando o pentecostalismo”. Só depois de alguns anos formou-se um núcleo no Brasil. Na Rede há missionários, pastores, sociólogos, teólogos e educadores de vários países da América Latina, todos preocupados com os estudos pentecostais acadêmicos. Em 2017, a RELEP foi convidada pela Universidade de Hamburgo, Alemanha, para um evento, o que mostrou como os pentecostais brasileiros têm produzido bons trabalhos. Em relação à participação do prof. Moab César Carvalho Costa no Sínodo para a Amazônia, ele esteve lá a convite dos organizadores. Como é comum nesses encontros, representantes protestantes compõem a plateia como ouvintes. Não estão lá para fazerem parcerias ou algo parecido, são somente observadores. Inclusive, Billy Graham e outros evangélicos, por várias vezes, participaram de reuniões como essa. Ainda, a Assembleia de Deus nos EUA, A Igreja do Pentecostes e a Igreja Pentecostal da Santidade são membros ativos da Comissão Internacional do Diálogo Católico-Pentecostal, formada na década de 70. A sexta fase dessa comissão, 2015, teve como copresidente o Pr. Cecil Robeck da Assembleia de Deus. Isso não seria estranho, porque na Society for Pentecostal Studies, fundada por W. Menzies e Vinson Synan, desde a década de 70 tem a participação de teólogos católicos. Lembrando: a Conferência Mundial Pentecostal, na sua edição em SP, a qual contou com o Pr. José Wellington, recebeu como ouvintes e tem permanentemente representantes do Vaticano.

Em suma, a RELEP não é uma organização, não tem qualquer relação com formação de instituições ecumênicas, não é partidária, não tem filiação, não pretende levar nenhuma proposta política para as Igrejas ou qualquer outro lugar, não tem mensalidade e só serve como espaço de produção e popularização de pesquisas acadêmicas sobre o Pentecostalismo. Para vocês terem ideia, há pessoas aqui com importantes documentos e trabalhos sobre o Pentecostalismo Global. Ou seja, a REDE agrega trabalhos de pesquisadores pentecostais ou gente preocupada com estudos históricos, sociológicos, teológicos etc. dos pentecostalismos. Qualquer coisa dita para além disso é, no mínimo, desinformação ou ausência da verdade.

149 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo